Câmara Municipal de Jaboticabal instala cronômetro digital para as sessões ordinárias

por Ana Paula publicado 30/07/2019 14h15, última modificação 31/07/2019 10h38
O sistema começa a funcionar na sessão ordinária da próxima segunda-feira, que marca o retorno das atividades de Plenário após o recesso parlamentar.

A partir da próxima sessão ordinária, na segunda-feira (05/08), as reuniões plenárias passarão a contar com um sistema de cronômetro digital para o controle de tempo nas sessões.

Através de um gadget (dispositivo eletrônico portátil) touchscreen instalado na Mesa Diretora, o presidente da Casa, Pretto Miranda Cabeleireiro (PPS), controlará o equipamento. Entre as possibilidades oferecidas pelo sistema está a abertura e o corte dos microfones utilizados pelos parlamentares durante o uso da Tribuna e dos apartes. Uma TV instalada no painel atrás da Mesa mostrará o tempo, foto e nome do parlamentar, bem como a sigla do partido ao qual pertence.

Para o Chefe do Legislativo, que participou de simulações com funcionários da Casa para sentir na pele como o sistema funcionará na prática, a medida garantirá transparência e equidade entre os pares na hora do uso da tribuna. “Vamos seguir estritamente o que está no Regimento Interno para o tempo utilizado pelos vereadores tanto no uso da tribuna quanto nos apartes. Todos vão poder acompanhar na tela. Não será mais permitido o ‘só pra encerrar’. O vereador terá um aviso sonoro e também visual na tela [o tempo ficará na cor vermelha] quando estiver faltando um minuto para terminar o tempo dele. Quando o tempo terminar, o microfone será cortado. Dessa maneira, não terá que se falar em privilégios a nenhum parlamentar”, concluiu Pretto Miranda.


Equipamento permite o acompanhamento do tempo de uso da Tribuna tanto pelo parlamentar quanto por quem acompanha a sessão.

PARA SABER – A sessão ordinária é dividida em dois momentos: Expediente, destinado à leitura e aprovação da ata da sessão anterior, à leitura resumida de matérias que passam a tramitar na Casa, e ao uso da palavra pelos parlamentares na tribuna, com duração de duas horas; e Ordem do Dia, para discussão e votação dos projetos.

O tempo de uso da Tribuna pelos vereadores no Expediente é calculado pela divisão do tempo restante do Expediente – após o período utilizado para a aprovação da ata de sessão anterior, e das leituras que competem às secretarias – e do número de vereadores inscritos para o pronunciamento. O tempo deve ser igual entre os oradores inscritos, e passa a ser calculado automaticamente pelo sistema. O presidente é o único que não precisa de inscrição e pode utilizar da palavra após a fala do último orador inscrito, pelo tempo que julgar necessário.


Ana Paula Junqueira
Assessoria de Comunicação
(16) 3209-9478