Estacionamento externo da Câmara passa a servir exclusivamente a deficientes e idosos

por Ana Paula publicado 24/06/2019 16h57, última modificação 25/06/2019 08h13
As vagas estão abertas a qualquer pessoa com deficiência e idosos, desde que com a credencial obrigatória em local visível no veículo. O tempo máximo permanência é de duas horas.

O presidente da Câmara Municipal de Jaboticabal, Pretto Miranda Cabeleireiro, determinou que as vagas em frente ao prédio “Anexo Vereador José Francisco Espanhol”, da Câmara Municipal, na Avenida 13 de Maio, sejam destinadas exclusivamente para idosos e deficientes. A sinalização horizontal (no chão), e as placas foram instaladas nessa segunda-feira (24/06) e já passam a valer.

As vagas estão abertas a qualquer pessoa com deficiência e idosos, desde que com a credencial obrigatória em local visível no veículo. O tempo máximo de permanência é de duas horas.


Vagas abertas a idosos e deficientes.

O chefe do Legislativo ainda chamou a atenção para que veículos não parem na guia rebaixada obstruindo o estacionamento. “Estamos adequando as vagas primando pela inclusão social. É importante que o idoso e os deficientes tenham locais próximos de estacionamento para acesso à Câmara, e também às lojas no entorno. Por isso, determinei que se transformasse aqui uma vaga destinada aos idosos e outra para deficientes. Além disso, é importante a conscientização das pessoas, para que não parem no local de acesso a estas vagas, nem mesmo por um minutinho, porque pode ser exatamente nesse minutinho que uma pessoa com deficiência ou um idoso precise utilizar a vaga, ou mesmo sair dela”, pediu Pretto Miranda.

Apesar da nova sinalização de solo e placas, veículo é flagrado na tarde de segunda-feira (24/06) obstruindo o estacionamento.

Vale lembrar que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (Art. 181, inciso IX), “onde houver guia de calçada (meio-fio) rebaixada destinada à entrada ou saída de veículos” é considerada infração média, com previsão de multa e remoção do veículo, ou seja, o em caso de multa, o infrator terá que desembolsar R$ 130,16 e ainda terá anotado quatro pontos na carteira.


Ana Paula Junqueira
Assessoria de Comunicação
(16) 3209-9478